ALTERAÇÕES NO PALATO

 

A sialometaplasia necrosante é uma ruptura súbita da superfície do palato, criando uma lesão aberta no período de um ou dois dias. A sialometaplasia necrosante é indolor, apesar da lesão geralmente ser extensa e poder ser alarmante. Freqüentemente, esse distúrbio ocorre após uma lesão da área (p.ex., um procedimento odontológico) e desaparece em dois meses. No meio do palato, pode ocorrer a formação de uma proeminência óssea de crescimento lento (toro). Trata-se de uma tumoração dura comum e inofensiva. Ela aparece durante a puberdade e persiste por toda a vida.

Mesmo uma tumoração grande não deve ser tratada, exceto quando a mucosa que reveste o toro é lesada durante a ingestão de alimentos ou se uma prótese dentária cobrir a região. Os tumores do palato, tanto os cancerosos quanto os não cancerosos, ocorrem com maior freqüência em indivíduos com idade entre quarenta e sessenta anos. Nos estágios iniciais, os sintomas são poucos, embora, às vezes, seja observado um edema do palato ou um desajuste da prótese dentária superior. A dor ocorre muito mais tarde. Nos estágios mais avançados da sífilis, é comum ocorrer a formação de um tumor no palato (goma).


Categoria: Distúrbios Cavidade Oral

Publicado em: