OUTRAS LESÕES E TUMORES BUCAIS

 

Qualquer lesão que dure duas ou mais semanas deve ser examinada por um dentista ou médico, especialmente quando ela não for dolorosa. As lesões dolorosas na parte interna do lábio ou da bochecha geralmente possuem causas menos sérias. Elas podem ser aftas ou podem ser resultantes de mordidas acidentais do lábio ou da bochecha. Freqüentemente, as lesões no interior da boca são brancas e, algumas vezes, com bordas vermelhas. Pode ocorrer uma lesão quando o indivíduo mantém um comprimido de aspirina entre a bochecha e a gengiva, em um esforço inadequado para aliviar uma dor de dente.

No primeiro estágio da sífilis, o indivíduo pode apresentar uma lesão branca e indolor (cancro) na boca ou nos lábios, entre a 1a e a 13a semana após a prática de sexo oral. Geralmente, a lesão desaparece após algumas semanas. Após 1 a 4 meses, o indivíduo pode apresentar um sinal tardio da sífilis não tratada, uma lesão branca (placa mucosa), no lábio ou, mais freqüentemente, no interior da boca. Nesses estágios, tanto o cancro quanto a placa mucosa são tão contagiosos que mesmo um beijo pode disseminar a doença. O assoalho da boca é uma área comum de localização do câncer, particularmente em indivíduos de meia-idade, idosos alcoolistas ou tabagistas. Além disso, vários tipos de cistos também podem desenvolver-se no assoalho da boca.

Freqüentemente, esses cistos são removidos cirurgicamente por serem incômodos. Grandes vesículas cheias de líquido podem formar- se em qualquer local da boca. Comumente, elas são decorrentes de alguma lesão, mas podem estar relacionadas a doenças como, por exemplo, o pênfigo. Algumas doenças virais (p.ex., sarampo) também podem causar anomalias temporárias no interior das bochechas, especialmente em crianças. As infecções que se disseminam a partir de dentes cariados da arcada inferior podem ser graves. Uma infecção muito grave, denominada angina de Ludwig, causa edema intenso do assoalho da boca, chegando mesmo a forçar a língua para cima, bloqueando as vias aéreas.

Quando isto ocorre, são necessárias medidas emergenciais para manter o indivíduo respirando. Quando um indivíduo morde o lado interno da bochecha com freqüência ou lesa o interior da boca repetidamente de alguma outra maneira, pode ocorrer a formação de um fibroma por irritação. Essa pequena tumefação indolor e firme pode ser removida cirurgicamente. Verrugas podem infectar a boca se o indivíduo chupar uma verruga que cresce em um dedo. Um tipo diferente de verruga (condiloma acuminado) também pode ser transmitido através do sexo oral. O médico utiliza vários métodos para tratar verrugas.


Categoria: Distúrbios Cavidade Oral

Publicado em: 7/3/2014