IMPLANTES DENTÁRIOS

Até três décadas atrás, não tínhamos soluções previsíveis para as indagações dos nossos clientes a respeito de implantes 

Implantesdentários. O melhor tratamento para o edentado total era as dentaduras convencionais. Para o edentado parcial, oferecíamos próteses parciais removíveis, pontes fixas, ou, mais recentemente, as próteses adesivas.

Hoje, a literatura internacional nos oferece artigos sobre implantodontia com altos índices de previsibilidade do tratamento feito com implantes. Novos conceitos de avaliação de sucesso têm sido propostos para termos parâmetros seguros de medição. A literatura também reflete a aceitação por parte do maior beneficiado, o paciente, demonstrando alto nível de satisfação com a melhora do desempenho mastigatório e estético.

Outro fator proporcionado pela implantodontia é a manutenção de osso. Após a remoção do elemento dentário, no primeiro ano, ocorre uma perda óssea de 25% em largura e, em média de 4mm de altura. Essa perda óssea é progressiva. Com a instalação dos implantes, a perda óssea cai para 1,5mm no primeiro ano.


 

Cilindros em titânio fixados no osso através de um procedimento cirúrgico para colocação de dentes artificiais. Quando a prótese é colocada no momento ou logo após a cirurgia são chamados de IMPLANTES DE CARGA IMEDIATA

ImplantesImplantesImplantes
Implantes

 

Em geral, o implante é 'sepultado' dentro da gengiva e, seis meses depois, para maxila (superior) ou três meses, para mandíbula (inferior) ele é reaberto para colocar a prótese definitiva.

Quando na região existe uma camada de osso muito fina, constatado através de exames radiográficos ou tomográficos, é preciso fazer primeiro um enxerto ósseo para depois instalar o implante.

A fixação do Implante ao osso se dá devido a osseointegração, que é a intima união do novo osso ao titânio, por haver uma biocompatibilidade orgânica ao titânio.

Hoje temos no mercado muitos tipos de implantes, de todos os preços e qualidade, nacionais e importados. Muitos profissionais dizem que os nacionais não deixam nada a desejar aos importados, porém prefiro os implantes importados em razão da maior quantidade de estudos científicos apontando a eficácia desses modelos.

ImplantesOs cilindros de titânio funcionam como raízes para a sustentação da prótese que se fixará sobre eles. Ela pode ser construída de várias maneiras, dependendo do planejamento, número e tamanho dos implantes utilizados, o tipo de antagônico (arcada opositora) e até o fator econômico. Ao contrário do que muitos pensam, hoje existem próteses sobre implantes que podem ser acessíveis a muitas pessoas.
Além de devolver a oclusão de forma muito efetiva, os Implantes ósseo-integrados também previnem a ATROFIA ÓSSEA BUCAL, por diminuir a velocidade de reabsorção óssea em regiões de avulsões dentárias.
Quanto antes colocar o implante após a remoção dentária, maior será a quantidade óssea e melhor será a condição estética. Em alguns casos de fratura radicular, a imediata colocação do implante e da prótese (IMPLANTES DE CARGA IMEDIATA), preservará toda a estrutura anatômica existente, desde que a fratura seja diagnosticada precocemente.

Muito cuidado deve ser tomado na indicação de Implantes para crianças e adolescentes, devido ao crescimento.

O índice de sucesso é muito alto, cerca de 97%. O sucesso do implante é dependente de alguns fatores podendo variar com a região, quantidade, qualidade óssea e condições do paciente.

Os pacientes submetidos a implantes dentários precisam ter cuidados redobrados com a higiene bucal para evitar a formação de placa bacteriana na superfície do dente implantado. Os tecidos ao redor das próteses sobre os implantes também podem infeccionar, e em alguns casos ocasionar a peri-implantite. O tratamento da peri-implantite é muito mais difícil do que tratar da infecção dos tecidos que circundam os dentes naturais (periodontite).

Implantes

 


Categoria: Implantes

Publicado em: