GENGIVITE

A gengivite é a doença periodontal mais freqüente em crianças, adolescentes e adultos. O quadro clínico é caracterizado pela vermelhidão intensa e hipertrofia tecidual, assim como a presença de sangramento espontâneo ou provocado da gengiva, podendo ser por sondagem ou escovação dentária. É uma alteração restrita ao periodonto de proteção, envolvendo, primeiramente, a papila interdental. A inflamação pode progredir, afetando a gengiva marginal e posteriormente a gengiva inserida, que perde o pontilhado característico, semelhante à casca de laranja, tornando-se lisa, mais avermelhada e aumentando de volume. As reações inflamatórias podem tornar-se mais exacerbadas, à medida que aumenta a idade das crianças. Este quadro está geralmente associado à ausência de hábitos adequados de higiene oral, favorecendo o acúmulo de placa bacteriana e persistindo assim os fatores irritantes locais.

Periodontia

 Várias situações contribuem para o aumento da concentração de placa localizada, podendo ser mencionados: posicionamento anormal dos dentes nos arcos, restaurações deficientes, aparelhos ortodônticos fixos, cálculos supra-gengivais.

Prevenção: É o melhor meio para se ter uma boa saúde bucal. Para prevenir a cárie dentária e a doença Periodontal, o paciente deverá ter hábitos alimentares adequados, freqüência e qualidade de higienização e ainda a utilização de fatores de proteção específica, como por exemplo a aplicação de flúor e selantes em crianças.

É muito importante que as crianças aprendam desde cedo a ter horário para seus hábitos diários, como as refeições e a higienização da boca, para que tenham sempre seus dentes sadios.


Categoria: Periodontia

Publicado em: