PERICORONARITE

A pericoronarite ocorre quando existe um opérculo sobre algum dente em erupção. Pode ocorrer durante a erupção dos molares permanentes, sendo mais freqüente na zona de 3º molar inferior. O espaço entre a coroa dentária e a margem gengival é uma área ideal para acúmulo de alimentos, incubação e proliferação bacterianas, predispondo-a para a infecção localizada. Os sintomas incluem dor e abertura limitada dos maxilares, como resultado da sensibilidade sobre o tecido saliente.

O mau hálito pode estar presente, como resultado da higiene oral inadequada. A área do opérculo estará inchada, vermelha e sensível. Outros sintomas podem ser inchação da bochecha ou do ângulo da mandíbula, trismo e disfagia. As manifestações sistêmicas incluem febre, linfadenopatia e mal estar.

Prevenção: É o melhor meio para se ter uma boa saúde bucal. Para prevenir a cárie dentária e a doença Periodontal, o paciente deverá ter hábitos alimentares adequados, freqüência e qualidade de higienização e ainda a utilização de fatores de proteção específica, como por exemplo a aplicação de flúor e selantes em crianças.

É muito importante que as crianças aprendam desde cedo a ter horário para seus hábitos diários, como as refeições e a higienização da boca, para que tenham sempre seus dentes sadios.


Categoria: Periodontia

Publicado em: