INCRUSTAÇÃO

 

Incrustação - Uma peça protética que é embutida e fixada (cimentada) a um dente, com a finalidade de reconstruí-lo. Elas são indicadas em dentes posteriores, onde as restaurações convencionais não conseguem devolver a forma nem a resistência adequada ao dente que foi lesado por grandes cáries, desgastes, fraturas ou que tenha sofrido tratamento de canal.

As incrustações são feitas geralmente em metal. Atualmente podem ser feitas de resina ou porcelana, mas uma incrustação em metal apresenta vantagens sobre as outras como: adaptação, resistência, conforto, etc.

A única desvantagem é a estética, que em alguns casos é fundamental. As coroas de porcelana são mais indicadas do que as de resina para a grande maioria dos casos, porém sua técnica de obtenção é mais delicada, tanto na clínica, quanto no laboratório.

Para a confecção de uma incrustação metálica são empregadas em média quatro consultas:

1- Preparo do dente e confecção de um provisório;
2- Moldagem;
3- Prova e ajustes;
4- Instalação.

Quanto à durabilidade, o critério é o mesmo, as incrustações ou qualquer outro trabalho, enquanto estiver funcionando, protegendo o dente, livre de cárie, ele permanece; caso contrário, ele deve ser removido e trocado por outro que volte a proteger e devolver a função do dente. Assim podemos dizer que, em uma boca bem higienizada com controles periódicos do profissional, a probabilidade de uma incrustação durar vários anos é bem maior do que em uma boca mal cuidada.

Reabilitação Oral

Reabilitação Oral


Categoria: Reabilitação Oral

Publicado em: